você está em: Início

Destaque central (secção central)

Mensagem da Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã

Domingo, 13 Abril 2014 01:56
Mensagem da Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã no Seminário e-Acessibilidade 2014

"Bom dia, a todos os presentes. Bom dia a todos os oradores. Bom dia a todos os elementos da SUPERA.

Bom dia, a todos aqueles que estão a visitar a Lousã pela primeira vez. Aqueles que, fizeram vários quilômetros para estar presentes neste seminário, o “Seminário e-acessibilidades 2014” – Tecnologias e Pessoas com Necessidades Especiais.

A realização deste seminário vem de encontro de um desejo da Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã, ao querer abordar a temática da tecnologia de apoio e para falar deste tema decidiu convidar quem melhor sabe abordar este assunto, a SUPERA – Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade.

E assim conseguimos fazer uma conjugação perfeita.

Hoje em dia é impossível falar na acessibilidade sem falar de tecnologia, ambas complementam-se uma a outra nesta sociedade contemporânea pois a tecnologia encontrasse num simples objeto como um telefone, um transporte público ou até na mais complexa como a internet que tem ferramentas próprias.

Muita da tecnologia usada hoje em dia acaba por ser tão banal que passa despercebido a um cidadão dito normal mas é muito útil a um cidadão com necessidades especiais.

Mas a verdade é que ao tornar os edifícios ou transportes públicos, equipamentos de informação ou serviço mais acessíveis estamos a torna-los mais práticos, mais funcionais, mais atrativos, mais acolhedores e por fim mais económicos.

Reaproveitar também já é uma palavra de ordem na tecnologia e criar um bom plano de acessibilidades nas empresas, instituições, ou autarquias e uma boa formula de rentabilizar os produtos, estudos indicam que os produtos low-cost quando são bem recuperados são uma boa forma economicista.

A Lousã é uma terra acolhedora e acessível desde o centro da vila até a sua serra incluindo as suas praias fluviais.

Para isso tem vários equipamentos para que todos possam usufruir dos seus recursos naturais tais como cadeiras flutuantes as conhecidas “Tiralos” ou cadeiras para atravessar grandes obstáculos como a “Jolette”, moto quatro ou Kart cross adaptado, só com este investimento podemos tornar a Lousã acessíveis em todos os seus recantos incluindo os mais inóspitos.

Este é um conceito criado pela Autarquia para dar qualidade de vida a quem reside como a quem visita.

Para finalizar, um obrigado a todos aqueles que patrocinaram ou colaboraram direta ou indiretamente para a realização deste evento, pois só com o esforço de todos foi possível.

Novamente o meu obrigado, pois a Lousã é foi e será sempre um local aonde a acessibilidade é uma preocupação constante e que se esta sempre a renovar e atualizar para que todos tenham o direito a sua cidadania.

João Henriques

Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã"

 

Pós-Seminário e-Acessibilidade 2014

Terça, 08 Abril 2014 23:21
Conforme anunciado, realizou-se no passado Sábado dia 5 de Abril o Seminário "e-Acessibilidades 2014", iniciativa conjunta da SUPERA, da Câmara Municipal da Lousã -- através da Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã -- e da Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã (ARCIL).

O Seminário constituiu um interessante e agradável espaço de partilha de experiências, troca de conhecimentos e de estabelecimento de redes sociais... PRESENCIAIS!

A SUPERA, em nome de todos os organizadores e patrocinadores do Seminário, agradece a interessada e empenhada participação neste evento das cerca de 90 pessoas que passaram pela sala do jardim da Alameda Carlos Reis. 

Procede-se aqui à disponibilização de (quase todas...) as intervenções realizadas. Tentar-se-á disponibilizar em breve as que por agora ainda estão em falta.

P.f. notar que quatro das intervenções estão "zippadas" por envolverem maior número de ficheiros (sobretudo PPTs e filmes).

Dada a sua extensão, foram as apresentações colocadas em "residência temporária" no serviço DropBox, de onde as pessoas interessadas terão de fazer os respectivos "downloads", seguindo os "links" abaixo.

As intervenções estarão disponíveis no DropBox até ao dia 8 de Junho de 2014, data em que serão retiradas.

A propósito da intervenção do Ivo Gomes, aproveito para vos sugerir uma visita ao seu fascinante (acho eu!) site: http://ivogomes.com, vão ver que não só aprendem como até se divertem! :o) sobretudo se visitarem também o PORTAL DAS CURIOSIDADES -- http://www.portaldascuriosidades.com/forum/index.php.

Até uma próxima oportunidade!

António Mendes dos Santos

Membro da Direção da SUPERA

 

 

Mensagem do Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P.

Terça, 08 Abril 2014 22:47

O Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., pouco antes do “Seminário e-Acessibilidade 2014”, organizado pela SUPERA, se iniciar, face à impossibilidade de última hora do Presidente Dr. José Serôdio participar na Sessão de Abertura do mesmo, enviou-nos a mensagem abaixo.

 Mensagem

"O Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P.,  felicita a Direção da SUPERA pela realização de um Seminário tão qualificado e pertinente, como este, em termos temáticos e em termos de perfil técnico e científico dos/das preletores/as, cujos saberes enriquecerão o pensamento nacional sobre as Acessibilidades.

Esta mensagem, significa, assim, o nosso mais elevado apreço e estímulo por esta importante iniciativa da Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade, em cooperação com a Provedoria Municipal das Pessoas com Incapacidade da Lousã, a Câmara Municipal da Lousã e a ARCIL. 

De facto, na matriz fundacional do INR, I.P., está plenamente incorporado, o compromisso do desenvolvimento e da qualificação da cultura das acessibilidades informativas, comunicacionais, físicas, arquitetónicas, culturais, económicas e sociais, consideradas imprescindíveis para a cultura dos Direitos das Pessoas com Deficiência e das suas famílias, consagrados no ordenamento jurídico nacional e na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, designadamente os Direitos de Participação, Inclusão e Qualidade de Vida.

A questão das Acessibilidades é uma questão crucial para atingir cinco objetivos:

  • Reforçar a coesão social,
  • Qualificar a solidariedade social e a igualdade de oportunidades,
  • Promover o desenvolvimento sustentado,
  • Desenvolver o empreendedorismo e a empregabilidade das Pessoas com Deficiência.
  • Alcançar os mais elevados níveis de Inclusão e de Qualidade de Vida.

Desde a década de 70 do século passado, as questões das acessibilidades têm vindo a conquistar importante destaque na agenda política, mediática e quotidiana dos portugueses e das portuguesas, envolvendo e mobilizando progressivamente toda a comunidade portuguesa na construção da sociedade para todos.

Importa, nesta feliz oportunidade, relevar e sublinhar o extraordinário esforço e trabalho da sociedade civil, nestas questões de direitos humanos, nomeadamente das ONGs, que no exercício da informação, consulta, audição e participação nas acessibilidades e nos produtos de apoio, têm vindo a prestar contributos determinantes nestas matérias.

Neste contexto, enquadra-se o trabalho da SUPERA - Sociedade Portuguesa de Engenharia de Reabilitação e Acessibilidade, que sublinhamos, pela sua Missão e resultados práticos da sua diversificada intervenção. 

Mas, ainda, temos muito trabalho à nossa frente, que obriga necessariamente à revitalização, inovação e qualificação dos programas de informação, sensibilização, formação, investigação e responsabilização de toda a sociedade, designadamente no âmbito do Ensino Superior, na construção de espaços, produtos e serviços acessíveis para as necessidades de participação decorrentes da diversidade humana e  à luz dos princípios do Desenho Universal.

Todos somos responsáveis pela qualidade de vida das nossas cidades e pelo direito inalienável de cada cidadão, como pessoa, apesar das suas diferentes condições, de usufruir de espaços, produtos e serviços qualificados e plenamente acessíveis.

Para reforçar estas dinâmicas, o Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., está a promover a primeira edição do Prémio Concelho Mais Acessível, uma iniciativa que pretende distinguir as melhores práticas de acessibilidade nos territórios municipais, cujas candidaturas decorrem até ao dia 30 de junho de 2014.

Com este Prémio, o INR, I.P. pretende premiar os municípios que tenham realizado, com conclusão até ao ano imediatamente anterior ao da candidatura, intervenções e iniciativas que claramente contribuam para a não discriminação e para a inclusão das pessoas com deficiência, na sociedade.

As candidaturas deverão estar enquadradas numa das três categorias do Prémio (Edificado/Espaço Urbano; Lazer/Património/ Turismo; Transportes/Comunicação/ Tecnologia), e refletir a mais-valia das mesmas na melhoria da qualidade de vida de todos os cidadãos, em especial das pessoas com deficiência e/ou mobilidade condicionada.

O Prémio será entregue no dia 3 de dezembro, no evento anual de comemoração nacional do  Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, e tem caráter bienal.

Por último, o Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., oferece a sua disponibilidade para a receção e análise das conclusões do Seminário.

Formulamos os maiores sucessos para os vossos trabalhos.

José Madeira Serôdio

Presidente do Conselho Diretivo"

 

SEMINÁRIO «e-ACESSIBILIDADE 2014»: INSCRIÇÕES ENCERRADAS

Quinta, 27 Março 2014 02:22

Dadas as limitações de espaço (100 lugares), estão encerradas as inscrições para o Seminário e-Acessibilidade 2014”, que se realizará no dia 5 de Abril de 2014 (sábado), na Lousã.

Agradece-se que qualquer desistência seja comunicada para o e-mail ( Este e-mail está a ser protegido de spambots; é necessário activar o JavaScript para o ver ) para que o lugar possa ser preenchido por outros interessados.

Cordiais cumprimentos,

Pel'A Direcção da SUPERA

Márcio Martins